Lá se pensam, cá se fazem.

Unidade móvel de apoio a estrangeiros

Diálogo apoio estrangeiros

Dado que a região centro do país tem muitos cidadãos estrangeiros como residentes permanentes, a ideia seria fomentar o diálogo intercultural, no sentido de dar condições para a sua integração na sociedade portuguesa. Nesse sentido, a unidade móvel seria utilizada para aulas de português e para esclarecimentos relativos a assuntos diversos como finanças, segurança social e outros. A existência de uma unidade móvel permitiria ter uma sala devidamente apetrechada, sobretudo para as aulas. A equipa será formada por três elementos a saber: - uma professora licenciada em português e francês, com experiência de lecionação junto de cidadãos estrangeiros; - um sul-africano lusodescendente, com experiência na área da contabilidade e seguros; - uma emigrante nos Estados Unidos da América, licenciada em inglês e francês e com doutoramento.

Olga Almeida

Visionário
Sertã, Portugal

José Almeida

Facilitador
Sertã, Portugal

Sandra Esteves

Comunicador
Washington, Estados Unidos da América

Comentários